quarta-feira, 6 de maio de 2009

MARX E ENGELS

Karl Heinrich Marx
Foi um intelectual alemão considerado um dos fundadores da Sociologia. Também podemos encontrar a influência de Marx em várias outras áreas (tais como filosofia, economia, história) já que o conhecimento humano, em sua época, não estava fragmentado em diversas especialidades da forma como se encontra hoje. Teve participação como intelectual e como revolucionário no movimento operário, sendo que ambos (Marx e o movimento operário) influenciaram uns aos outros durante o período em que o autor viveu.Atualmente é bastante difícil analisar a sociedade humana sem referenciar-se, em maior ou menor grau, à produção de K. Marx, mesmo que a pessoa não seja simpática à ideologia construída em torno de seu pensamento intelectual, principalmente em relação aos seus conceitos econômicos.
Friedrich Engels
Foi um filósofo alemão que junto com Karl Marx fundou o chamado socialismo científico ou marxismo. Ele foi co-autor de diversas obras com Marx, sendo que a mais conhecida é o Manifesto Comunista. Também ajudou a publicar, após a morte de Marx, os dois últimos volumes de O Capital, principal obra de seu amigo e colaborador.Grande companheiro de Karl Marx, escreveu livros de profunda análise social. Entre dezembro de 1847 à janeiro de 1848, junto com Marx, escreve o Manifesto Comunista. Sem dúvida nenhuma, Engels foi um filósofo como poucos: soube analisar a sociedade de forma muito eficiente, influenciando diversos autores marxistas.
É uma corrente socialista desenvolvida por Karl Marx e F. Engels, que defende a socialização dos meios de produção e a dissolução do Estado e do capital privado, ou seja, destruição do próprio capitalismo. Mas como fazer isso???Marx e Engels, diferentes dos socialistas utópicos, estudaram profundamente sociedade capitalista, podendo assim compreender intimamente seu funcionamento. Desse modo eles produziram um verdadeiro "método", baseado no materialismo histórico, para construir o movimento que derrubaria a burguesia e implantaria o socialismo.
Segundo Marx/Engels, todas as sociedades até os dias de hoje tiveram suas histórias baseadas nas lutas de classes. Na Grécia antiga eupátridas (cidadãos nobres) versus metecos (estrangeiros) e escravos, no Império Romano patrícios versus plebeus, na Idade Média, servo versus senhor, e, finalmente, na era contemporânea, burguesia versus proletários. Ou seja, a história da humanidade é a história do antagonismo de classes, dos exploradores e dos explorados.Mas a história do capitalismo está com os dias contados. Assim como a burguesia derrubou a nobreza, no fim da Idade Média, para implantar seu modo de produção, ela será derrubada pelos seus filhos pobres e excluídos, os proletários.Já dizia Marx:2 - "A burguesia, porém, não forjou somente as armas que lhe darão a morte; produziu também os homens que manejarão essas armas - os operários modernos, os proletários",3 - "a burguesia produz, sobretudo, seus próprios coveiros. Sua queda e a vitória do proletariado são igualmente inevitáveis ".

Nenhum comentário:

Postar um comentário