terça-feira, 30 de agosto de 2011

Desperdiçar talentos é limitar nosso futuro

29/8/2011 - 10h12

por Sérgio Abranches, do Ecopolítica

O maior desperdício do Brasil é de talentos.
Fiz esta afirmação hoje em um evento sobre a sociedade em rede e sustentabilidade, no meio de uma troca de ideias, na qual se falava do desperdício de recursos naturais, materiais e energia.
No evento, promovido pela Telefonica/Vivo, o tema da eficiência no uso de recursos foi, como era de se esperar, recorrente.
Não é só no Brasil que temos uma sociedade do desperdício.
 A América, em geral, desperdiça mais que a Europa, temperada por situações de grave escassez.
A parcimônia nasce da escassez, não da abundância.
Acho que o próprio ambiente do debate, transmitido em Webcast para a toda a rede, com ampla participação da audiência presente e na rede, via Twitter e SMS, me levou a pensar em incontáveis encontros, físicos e virtuais, que tenho tido, ano após ano com jovens de enorme talento espalhados pelo Brasil a fora.
E não falo dos muitos talentos com os quais interagi na elite metropolitana de classe média alta.
Falo das moças e rapazes espalhados pelo interior do Brasil, pelas favelas das capitais, que encontro em minhas viagens Brasil afora ou nas redes sociais, a maioria com recursos muito escassos, financeiros e educacionais, para estudar.
São ativos, criativos, ligados em suas bases e no mundo, inteligentes, têm enorme capacidade de aprendizado, de adaptação às mudanças no seu ambiente, frequentemente dramáticas.
Estão seguramente recebendo educação inferior à que merecem e não têm acesso aos meios de formação e desenvolvimento intelectual que lhes permitiria ir muito além.
Acesso que está aquém do que têm direito, do que merecem e do que lhes permitiria saltos gigantescos, para os quais têm a aptidão, o talento e o desejo.
Falo desde os nerds, gênios da computação, que brilham com recursos limitadíssimos, ao virtuosos do violino, do celo, que conseguem inesperada sonoridade em instrumentos precários.
Dar a esses jovens o acesso à banda larga, a recursos mais amplos de computação científica significa dar-lhes meios para romperem limites que não são pessoais, mas sociais.
Por um bom violino ou um bom celo nas mãos dessas meninos e meninas é abrir um universo de sonoridade que lhes é sonegado, mas já existe em suas almas.
Essas limitações socialmente impostas a milhões de jovens representam um tremendo desperdício coletivo de talentos. Liberados para desenvolverem todo o seu potencial intelectual e criativo, toda a sua energia vital, eles permitiriam que o Brasil se beneficiasse na sua plenitude de sua diversidade e de sua escala populacional.
Temos mais da metade da população nessa faixa de idade, no auge da capacidade de aprendizado, com o máximo de capacidade de trabalho.
A limitação é pessoal, a perda, coletiva.
Há sociedades que desperdiçam recursos, até mais que a nossa.
Não conheço outra que desperdice tanto os talentos como a nossa.
Para mim está claro que o Brasil deve a esses jovens uma educação à altura de seu talento.
O acesso que estão tendo à Webesfera e suas redes e mídias sociais, permite-lhes exercitar o autodidatismo ao máximo.
Como são inteligentes e talentosos, tiram o maior proveito possível do que a rede lhes oferece.
E a maioria tem acesso ainda limitado à Webesfera.
O Brasil precisa se descentralizar.
Não pode oferecer seus melhores meios apenas àqueles que estão na elite de um punhado de cidades de seu centro de referência e poder.
Melhores meios, mas é bom que se diga, ainda assim ruins.
É preciso ver e cuidar do Brasil como um todo, descentralizar radicalmente recursos e atividades.
Mobilizar esses talentos, para que possamos enfrentar com êxito os enormes desafios e oportunidades que já estão postos neste século 21.
Cada vez mais, nosso descaso com a educação se volta contra nós. Encurta nosso horizonte, restringe nosso capital intelectual e criativo, reduz as possibilidades de desenvolvimento pleno da parte da sociedade que tem o poder de nos abrir o futuro.
Um descaso que nos faz inverter, por de cabeça para baixo, nossa visão de futuro.
Não é infrequente eu ouvir alguém dizer: “precisamos dar educação a essas crianças para que elas tenham um futuro”.
Não.
Precisamos dar educação a essas crianças e jovens, para que o Brasil tenha um futuro.

* Publicado originalmente no site Ecopolítica.

(Ecopolítica)



segunda-feira, 22 de agosto de 2011

22 de agosto na historia do rock mundial

22 de agosto de 1906 - A COMPANHIA VICTOR DE MÁQUINAS DE FALAR,  de Nova Jersey, comercializa a primeira Victrola, um gramofome co speakear no gabinete, pleo preço de 200 dólares,

1917 - John Lee Hooker nasce no Mississipi, blues man rude e auto didata, consegue a estranha façanha de ter um sucesso na Inglaterra "Dimples", que chegou aqo 21º lugar em junho de 1964.

1938 - Dale Hawkins - criador de Suzi Quatro , nasce na Louisiana.

1956 - Love me Tender - primeiro filme de Elvis Preslei começa a ser rodado.

1965 - Help estréia nos EUA;

1969 - elvis Presley - inicia uma série de shows num hotel de Las Vegas. Era sua sua primeira aparição em público 1961 e está registrada no LP From Menphis to Vegas ; Fron Vegas to Menphis.

Historia do Rock Nacional - Joelho de Porco - ( sei lá que parte é essa )

Joelho de Porco

Informação geral: Origem São Paulo, SP - País Brasil  - Gêneros Pop rock - Punk rock

Período em atividade 1972 - 1977, 1983 - 1998, 2008 - presente

O Joelho de Porco é um dos nomes do punk-rock-humor brasileiro.


"Amadrinhado" pela cantora Aracy de Almeida e precursor do movimento punk no Brasil, o grupo paulistano surgiu em maio de 1972, quando tocaram no TUCA, em São Paulo, e era
formado por:
- Tico Terpins (violão,voz, guitarra base - ex-Os Baobás);
- Gerson Tatini (baixista que tocou guitarra por alguns meses, em 1972);
- Walter Baillot (guitarra solo - ex-Provos e Século XX - substituto de Gerson Tatini, convidado pelo baixista Rodolfo Ayres Braga);
- Próspero Albanese (bateria e vocais);
- Conrado Assis Ruiz (guitarra, piano e vocais - ex-Mona); e,
- Rodolfo Ayres Braga (baixo e vocais - ex-Terreno Baldio, ex-The Jet Black's).
Com esta formação - em 1972 - gravaram o compacto simples "Se Você Vai de Xaxado, Eu Vou de Rock And Roll/Fly America", produzido pelo ex-Mutantes Arnaldo Baptista. Dois anos depois, o Joelho lançou seu primeiro LP, "São Paulo 1554/Hoje"; um dos mais elogiados discos do pop da época, misturando rock pesado e referências tropicalistas em faixas como "Boeing 723897" e "Mardito Fiapo de Manga".
Em 1976, entrou o vocalista (e, em seguida, ator) Ricardo Petraglia, que participou de alguns shows. Logo após, entra o cantor argentino Billy Bond, com quem a banda partiria para uma linha mais agressiva, próxima do punk rock que explodia naquela mesma época na Inglaterra.
Nesta fase, começa o desmanche da formação original da banda, com a saída dos músicos Conrado Assis Ruiz, Rodolfo Ayres Braga e Walter Baillot.
Em 1977, o Joelho gravou LP homônimo e, pouco tempo depois, encerrou suas atividades.

Tico Terpins partiu para o mercado dos jingles publicitários, montando o estúdio Audio Patrulha.
Em 1983, Terpins - juntamente com Próspero Albanese e o cantor e compositor Zé Rodrix (ex-Sá, Rodrix e Guarabyra) - remontaram o Joelho, que voltou com o LP duplo "Saqueando a Cidade", cujos sucessos são: "Vigilante Rodoviário",
"Vai Fundo" e "Funicoli, Funicolá" (versão roqueira da tradicional canção italiana).

Com o vocalista e fotógrafo David Drew Zingg, a banda ganhou o prêmio de melhor letra do Festival dos Festivais da TV Globo, em (1985), por "A Última Voz do Brasil".
Em 1988, o Joelho de Porco lançou o LP "18 Anos Sem Sucesso", com repertório do pop americano pré-rock.
Em 1998, Tico Terpins morreu de enfarte.
Em 22 de maio de 2009, no início da madrugada de sexta-feira, o cantor e compositor Zé Rodrix morreu em São Paulo, aos 61 anos de idade.
Conforme uma pessoa próxima, o músico havia saído com a mulher mas começou a se sentir mal e retornou para casa por volta de meia-noite. A família acionou uma filha do artista que é médica e que prestou os primeiros socorros ao pai.
Ainda quando aguardava a chegada da ambulância para ser removido a um hospital, ele passou mal e faleceu. Zé Rodrix foi responsável por vários jingles de sucesso.
No entanto, ficou imortalizado na MPB ao compor “Casa no Campo”, uma das grandes interpretações de Elis Regina e que embalou a geração bichogrilo setentista.
Rodrix também foi integrante do grupo Joelho de Porco, "precursor" do punk no Brasil.
A banda Joelho de Porco reuniu 3 musicos em sua formação original: Conrado Assis Ruiz - vocalista, guitarrista e pianista; Prospero Albanese - bateria e vocal e Rodolfo Ayres Braga - baixo e vocal, ambos para um show na "Virada Cultural" em São Paulo em maio de 2009, para milhares de fans na Praça da República. Participaram também Franklin Paollilo - bateria e João Paulo Almeida - piano e vocal (que tocou em um Festival de Música em 66 no Colégio Rio Branco, onde surgiu a idéia do nome Joelho de Porco)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre

A TRAMA DA REDE - Carlos Rodrigues Brandão - SOCIOLOGIA 2º ANO

A TRAMA DA REDE - SOCIOLOGIA 2º ANO



Carlos Rodrigues Brandão

I
Essa é a trama da rede:
o tecido das trocas que fabricam
o pano de uma rede de dormir
enreda o corpo do homem na tarefa
de criar na máquina a rede com a mão.

A armadilha do trabalho em casa alheia
engole o homem e enovela todo o corpo
no fio no fuso na roda na teia
do maquinário da manufatura
que produz o seu produto: a rede
e reduz o corpo-operário à produção.


[...]






III


O corpo-bailarino que transforma
a coisa bruta em objeto
(a fibra em fio e o fio em pano)
e o objeto na mercadoria
(o pano pronto na rede e sua valia)
transforma o corpo do homem operário
em outro puro objeto de trabalho
pronta a fazer e refazer no fuso
aquilo de que a fábrica faz sua riqueza
de que, quem faz não se apropria.


[...]






VII


Sob a trama do trabalho em tear alheio
o corpo não possui seu próprio tempo
e é inútil que lhe bata um coração.
O relógio interior do operário
é o que existe na oficina, fora dele,
de onde controla o tear e o tecelão.






VIII


De longe o dono zela por quem faz:
pela força do homem que trabalha,
não pela vida do trabalhador.
Aqui não há lugar para o repouso
ainda que o produto do trabalho
seja uma rede de pano, de dormir
e que comprada serve ao sono e ao amor.






IX


Durante a flor da vida inteira
fazendo a mesma coisa e refazendo
uma operação simples de memória
o operário condena o próprio corpo
a ser tão automático e eficaz
que domine o gesto que o destrói.
A reprodução contínua, diária, igual
de um mesmo gesto repetido e limitado
todos os dias, sobre os mesmos passos,
ensina ao artesão regras de maestria
do trabalho que afinal então domina
através de saber sua ciência
com a sabedoria do corpo massacrado.


[...]






XI


Quem fia e enfia?
Quem carda e corta?
Quem tece e trança?
Quem toca e torce?
A moça o menino.
A velha o homem.
Eles são, artistas,
parte do trabalho coletivo
que faz a trama da rede
e a rede pronta:
o objeto bonito do descanso
Que inventa a necessidade
da servidão do trabalho
do corpo produtivo.


XII


A dança ritmada desse corpo
de bailarino-operário de um ofício
de que o produto feito não é seu,
cria o servo de quem lhe paga aos sábados
Para o que sobra da vida de trabalho
do corpo de quem fez e não viveu.
O trabalho-pago, alheio e sempre o mesmo
obrigando o operário bailarino
à rotina de fazer sem possuir
torna-o, artista, servo do ardil
de entretecer panos e redes sem criar
e recriar-se servo sem saber.


[...]






XIV


Não conhece descanso o corpo na oficina.
Ele é parte das máquinas que move
e que movidas não sabem mais parar.
Os pés descalços prologam pedais
os braços são como alavancas
e as mão estendem pontas de um fio
que existe no fuso e no tear.

O trabalho do corpo é o objeto
que o homem vende ao dono todo o dia.
O corpo-livre pertence ao maquinário
que o homem converte no operário
de que reira o preço do sustento:
a comida a cama a casa o agasalho
o que mantém vivo o corpo e o seu trabalho.
______________

Fontes: (SÃO PAULO-SEE, Caderno do professor: Sociologia, EM, 2ª S., V.3, 2009, pp.07-08).

A equipe do GRAN/Barão de Limeira - Volei feminino...

A equipe do GRAN/Barão de Limeira esteve em quadra neste sábado 20/08 em jogo válido pela Liga Regional de Voleibol.
O jogo aconteceu em Limeira no Ginásio do Gran com a presença de grande público onde a equipe do GRAN/Barão de Limeira venceu a equipe do Comercial de Tietê pelo placar de
3x0 sets (25x23/25x22/25x12) em 77' minutos de jogo.
Estamos muito felizes com o resultado, enfrentamos uma marotona de jogos, treinos além da ansiedade e a falta de experiência, más superamos tudo isso na partida e colocamos a equipe entre as melhores da competição, talvez este seja o melhor resultado para todos nós neste primeiro ano de competição neste nível, comentou Prof. Robson Siqueira técnico da equipe.
Jogaram pelo GRAN/Barão de Limeira: Polly, Joyce, Greize, Letícia, Fernanda, Larissa, Aline Coutinho, Aline Ueno, Pamela, Ana Beatriz e Nathália, na estatística Elinessa e Laure.
Apoiam a equipe SOCIEDADE ESPORTIVA GRAN SÃO JOÃO, SEME, COLÉGIO BARÃO DE LIMEIRA, PLACAR PLÁSTICOS E ACEBAL.
Com este resultado a equipe praticamente se classificou para a próxima fase da competição faltando ainda dois jogos contra Santa Bárbara D'Oeste adiado aguardando nova data e Itú no próximo sábado dia 27/08 as 11h na casa do adversário.






--

Postado por Prof. Robson Siqueira - CREF 9985/G no EQUIPE DE VOLEIBOL BARÃO DE LIMEIRA em 8/20/2011 11:29:00 PM

Texto enviado por André Vinco, um dos palestrantes da noite de quarta-feira dia 17 de agosto na EE Prof. Paulo Chaves (Atividade da Disciplina de Sociologia)

Eu, o Pietro e a Vivian estivemos na noite de quarta feira, na Escola Paulo Chaves, para uma conversa com os alunos dos 3º anos sobre a Democracia e a importância do voto.
Fomos muito bem recepcionados  pelos alunos, o Prof. Cláudio e a Diretora Sandra.
Durante a conversa, explicamos sobre o nascimento da Onda Jovem e tudo o que se desencadeou até hoje com repercussão em diversas mídias e imprensa.
Pudemos ver naqueles jovens olhos, o quanto eles tem esperança de mudança e que eles tem a consciência de que de fato, podem mudar a cidade com as melhores armas:
O voto e a cobrança sobre os políticos eleitos!
Fizemos também uma campanha de conscientização para a importância do voto dos jovens de 16 e 17 anos que não são obrigados a votar.
O retorno foi impressionante: Seis novos cidadãos “nasceram” para a sociedade requisitando o título de eleitor ali mesmo, via internet!
Outros 40 interessaram-se e contarão com a nossa colaboração para adquirir o documento básico para o exercício da cidadania!
Agradecemos ao Cau pelo convite, à direção da escola e principalmente aos alunos que fizeram essa interação conosco.
Vivian, Pietro e André

Nasce uma estrela!
Logistica de nascimento de cidadãos!
André acompanha o processo no telão enquanto Pietro
finaliza a inserção de dados da aluna Jhenifer do 3º 3 na confecção de seu título de eleitora

Prof. Paulo da disciplina de matemática acompanha junto com os alunos o mprocesso informatizado de confecção do titulo de eleitor

Pietro sendo observado pela aluna Lais do 3º 3 e
assessorado pela colega do Onda Jovem Vivian

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Star Spangled Banger - Same (1973 Australian Psych Hard Prog Rock)



- John Brownrigg: vocals, guitar


- Ron Walters: vocals, piano, organ

- Paul Doo: drums



01. Fear Of The Night – 3:52

02. Question Of The Country – 4:15

03. Run – 2:26

04. Fancy Underpants – 1:03

05. Suite 3 – 5:26

06. Protestor Man – 1:53

07. Sailing – 3:10

08. Country Son – 1:54

09. Pull Together – 3:01

10. One Out, Two In – 3:43

11. Continental – 4:51

12. Don’t You – 3:32

13. Thanks To You – 3:40

14. Star Spangled Banger – 5:05

15. Star Spangled Banger (Bonus) – 4:20







DISCO RARO
 DE UMA BANDA DE TIRO CURTÍSSIMO
 E QUE RESULTOU EM APENAS UM ALBUM!! O LANÇAMENTO
FOI RAPIDAMENTE ELIMINADO DO MERCADO E AÍ VIROU UM CULT DAS RARIDADES AUSTRALIANAS!! ISSO SÓ FOI RESOLVIDO
POSTERIORMENTE COM A REEDIÇÃO EM CD!!
O CLIMA É ECLÉTICO, MEIO PROGRESSIVO,
 COM BONS TECLADOS,
NUM ESTILO QUE "LEMBRA" FAMILY E CRESSIDA,
ALGUMAS BALADAS REFLEXIVAS REGADAS A UM BOM PIANO
E UMAS BOAS PITADAS DE LOUCURAS E HUMOR DO TIPO "BONZO DOG BAND"!!
UM BOM E RARO VENENO!!!


terça-feira, 16 de agosto de 2011

A equipe feminina de voleibol do GRAN/Barão de Limeira - 16 08 11

Destaques da equipe: Lethícia, Larissa, Joyce e Nathália.
A equipe feminina de voleibol do GRAN/Barão de Limeira
 categoria infantil esteve em quadra pela Liga Regional de Voleibol.
O jogo aconteceu em Limeira na quadra da Sociedade Esportiva Gran São João no sábado dia 13/08 quando o GRAN/Barão de Limeira venceu a partida por 3x0 sets em 60 minutos contra a equipe do Diaurum de Várzea Paulista. Não realizamos uma grande partida más a vitória foi importante para a sequência do campeonato
 e para o moral da equipe, comentou Prof. Robson Siqueira
 técnico da equipe.
O GRAN/Barão jogou com: Joyce, Grize, Lethícia, Fernanda, Larissa, Polly, Aline Coutinho, Pâmela, Ana Beatriz, Aline Ueno e Nathália.

A equipe conta com o apoio da PLACAR PLÁSTICOS, COLÉGIO BARÃO DE LIMEIRA, SOCIEDADE ESPORTIVA GRAN SÃO JOÃO, SEME E ACEBAL.






segunda-feira, 15 de agosto de 2011

BLACK ROSE THIN LIZZY - ROCK IRLANDES...DA LATA





Lançado originalmente em 1979, o álbum "Black Rose: A Rock Legend", do Thin Lizzy, é mais um clássico que ganhou sua Deluxe Edition em 2011. A remasterização ficou a cargo do guitarrista Scott Gorham e de Joe Elliot, vocalista do Def Leppard.

A edição traz dois discos: o primeiro é o próprio álbum, remasterizado; enquanto que o segundo apresenta material bônus, constando canções inéditas e versões alternativas de músicas que estão em outros full-lengths da banda.

"Black Rose: A Rock Legend" foi o único álbum do Thin Lizzy com o guitarrista Gary Moore no line up, embora ele tenha colaborado outras diversas vezes com a banda.

O segundo disco traz boas surpresas, apesar de a maioria das músicas já terem aparecido em bootlegs como demos perdidas de "Black Rose: A Rock Legend".

Elas ganharam um excelente tratamento e apresentam a mesma qualidade do disco principal, não parecendo em nada com sobras de estúdio.

Merecem destaque a versão lenta de "Don't Believe a Word", com vocais divididos entre Phil Lynott e Gary Moore e a alongada "A Night In The Life Of a Blues Singer".




Disc 1


01. Do Anything You Want To

02. Toughest Street in Town

03. S & M

04. Waiting For an Alibi

05. Sarah

06. Got To Give It Up

07. Get Out Of Here

08. With Love

09. Roisin Dubh (Black Rose)- A Rock Legend



Disc 2

01. Just The Two of Us

02. A Night In The Life of a Blues Singer (longer version)

03. Rockula aka Rock Your Love (unreleased)

04. Don't Believe a Word (slow version)

05. Toughest Street in Town (different version)

06. S & M (Nassau Version)

07. Got to Give It Up (Nassau Version)

08. Cold Black Night (Nassau Version)

09. With Love (Nassau Version)

10. Black Rose (Nassau Version)



Postado Sexta-feira, Agosto 12, 2011Thin Lizzy em http://fireballmusic.blogspot.com/2011/08/thin-lizzy.html  e Segunda-feira, 15 de agosto de 2011 aqui no gatoquecomeorato 






sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Volei feminino do Gran / Barão

A equipe do GRAN/Barão de Limeira que disputa a Liga Regional de Voleibol, categoria infantil feminina esteve em quadra nesta quarta 10/08.
O jogo aconteceu na cidade de Piracicaba contra a equipe do Clube Cirstóvão Colombo que em 80 minutos de jogo derrotou a equipe do GRAN/Barão de Limeira pelo placar de 3x0 sets (25x23/25x6/29x27). Estivemos muito bem no 1º e 3º sets perto da vitória, já no 2º set erramos muito, cometemos 17 pontos só de erros.
Isso é típico de uma equipe jovem e em formação como a nossa, más acreditamos que estamos no caminho certo e buscamos estar entre as oito classificadas para a fase final da competição o que seria excelente levando-se em conta o nível e a experiência de nossos adversários.
Jogaram pelo GRAN/Barão de Limeira: Joyce, Greize, Letícia, Fernanda, Larissa, Polly, Aline Coutinho, Aline Ueno, Ana Beatriz, Pamela, Nathaliam e Blenda Siqueira, Técnico Prof. Robson Siqueira.
Apoiam a equipe PLACAR PLÁSTICOS, COLÉGIO BARÃO de LIMEIRA, ACEBAL e SEME. Próximo jogo equipe será sábado 13/08 em Limeira no Ginásio do GRAN as 16h, contra a equipe de Várzea Paulista, atletas e técnico aproveitam para convidar a todos a prestigiar a equipe.




Postado por Prof. Robson Siqueira
CREF 9985/G
EQUIPE DE VOLEIBOL BARÃO DE LIMEIRA
 8/10/2011
11:15:00 PM

Rock in Rio inaugura sala de música em escola municipal.

A Escola Municipal Pereira Passos, no Rio Comprido, Região Central do Rio, deixou de ter o giz como único instrumento de trabalho. Com a inauguração pelo Rock in Rio de uma nova sala de música, os alunos do sexto ano podem agora entrar no clima do mega evento que acontece em setembro.
O projeto Por um mundo melhor pretende criar, até o mês que vem, outras nove salas de música em escolas municipais cariocas.
Na cerimônia, estavam a vice-presidente do festival, Roberta Medina; a secretária municipal de Educação, Claudia Costin; o secretário municipal de Turismo, Antonio Pedro; os professores do colégio, alunos do sexto ano e o grupo Monobloco, que promoveu um workshop para uma aula inaugural.
Além de ensinar às crianças, os músicos deram aulas para os secretários, que logo se arriscaram a tocar percussão, enquanto a turma batia palmas.
"Isso que nós temos aqui é mais importante que qualquer obra, levar a cultura pra essas crianças, que, mais tarde, vão carregar esse legado que começamos a construir agora", analisou o secretário municipal de Turismo, Antonio Pedro.
O projeto Por um mundo melhor premiou com 5 mil ingressos para o festival crianças de escolas da rede municipal e estadual. Ganhavam aqueles que criassem os melhores manifestos em vídeo, foto, música ou poesia com o tema, para estimular a criatividade dos participantes.
"A nossa intenção é dar as condições necessárias para que esses alunos possam efetivamente receber essas aulas de música talvez com mais responsabilidade, e num ambiente mais propício.
Com sorte, vamos achar muitos talentos, mas não é exatamente o que estamos buscando. Queremos trabalhar é na formação dos alunos", afirmou Roberta Medina.
Para o ensino dos alunos, 30 professores de música estão aprendendo uma nova metodologia.

"O método vai ser o do passo: todo mundo pode aprender. Se você sabe andar, você sabe tocar", adiantou Felipe Reznik, integrante do Monobloco.

No método do passo não é preciso ter ritmo, nem saber tocar.
Basta seguir a batida dos pés. Enquanto uma pessoa bate palmas, outra toca percussão, etc. Dessa forma, todas as crianças podem participar, mas sem atrapalhar as demais aulas, já que a estrutura conta com isolamento acústico.
Além disso, a sala possui ar condicionado, iluminação especial, TV, CD player, DVD e 30 instrumentos de percussão.
A expectativa dos organizadores é a de que pelo menos 10 mil alunos sejam beneficiados anualmente pela iniciativa.
Segundo a diretora da escola, Sheila Maria Guaste, mesmo antes das aulas começarem, as crianças já estavam eufóricas com a notícia, e com a perspectiva de ter um novo motivo para virem para as salas de aula.
Felipe Reznik explica o método do passo para as crianças do sexto ano"Eu acho que vai ser muito legal poder tocar junto com meus amigos.
 Não vou ter nem preguiça de vir pra escola", disse Tainá de Araujo, aluna do sexto ano.

"Com a música, as crianças se sentem incluídas na sociedade, percebem que música é arte, é consciência, está além dos fundamentos da escola.
Ela funciona como um atrativo para a criançada", afirmou o professor de música da escola, Francisco Carlos de Paula, junto aos alunos do

Apesar do projeto começar englobando apenas uma série, há planos de expandir para outros anos à medida que os professores vão sendo capacitados.
O projeto é espelho de uma iniciativa que começou desde 2009, para tentar dar um salto na educação.
O professor de música Francisco Carlos de Paula e alunos do sexto ano"Não existe possibilidade de futuro se o acesso às artes for restrito.
Torcemos para que essas 10 salas tenham seus filhotes.
E que alunos como o Francisco digam no futuro 'Ah, eu me lembro da Pereira Passos, foi lá que eu comecei'", disse a secretária municipal da Educação, Claudia Contis
As outras salas de música serão montadas nas escolas Jornalista Assis Chateaubriand (Vila Isabel), Ceará (Inhaúma), Cardeal Câmara (Parada de Lucas), Itália (Rocha Miranda), Antenor Nascentes (Parque Anchieta), Dom Pedro I (Barra da Tijuca), Mário Casa Santa (Magalhães Bastos), Alba Canizares (Inhoaíba) e CIEP Ismael Nery (Santa Cruz).

Veja o Video:




Rio11/08 às 22h01
 Atualizada em 11/08 às 22h01
Jornal do Brasil
Apuração: Julia Moura

Fim de semana traz Expoliart e Domingo de Relíquias

Fim de semana traz Expoliart

A Praça Toledo Barros recebe neste fim de semana, dias 13 e 14 de agosto, uma nova edição da Expoliart – Exposição Limeirense de Artesanato. O evento ocorre sábado, das 9h às 18h, e domingo, das 9h às 13h, com realização da Prefeitura de Limeira, através da Secretaria de Turismo e Eventos.
Segundo a coordenadora do Turismo, Marcela Ortolan, cerca de 20 artesãos irão participar da exposição, desta vez em especial ao dia dos pais. São vendidos artigos em gesso, madeira, cerâmica, patchwork e outras técnicas, com preços acessíveis a toda população.
De acordo com o secretário de Turismo e Eventos, Ronaldo Bicudo, para participar da Expoliart é necessário que o artesão faça parte da Sutaco – Superintendência do Trabalho Artesanal nas Comunidades. Novos interessados podem fazer sua inscrição no Museu da Joia. O telefone para informações é (19) 3451-2714 ou 3446-3032.


Domingo de Relíquias

No domingo, 14, também ocorre na Praça Toledo Barros o “Domingo de Relíquias”, tradicional exposição com automóveis, motos, caminhões antigos e outras curiosidades, das 9h às 13h.
A banca para troca de livros da Biblioteca Municipal Prof. João de Souza Ferraz também estará presente. O objetivo é estimular a prática da leitura, democratizar o acesso ao livro e proporcionar intercâmbio e encontro de leitores.
A troca dos livros poderá ser feita da seguinte maneira: gibi por gibi, 1 livro infantil por 1 infantil, 2 infantis por um livro adulto ou um livro adulto por outro. Não serão aceitos para troca livros didáticos, apostilas, jornais, revistas, cópias reprográficas, encadernações em espiral e exemplares em mau estado de conservação.
A realização é da Prefeitura de Limeira, através da Secretaria de Turismo e Eventos, em parceria com o Clube dos Carros Antigos de Limeira. A entrada para o dois eventos é gratuita.

Extraído de:
Tribuna Popular On Line
Limeira, 11/08/2011 - 07:00h.

Ano 6 - Edição 1125

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Reflectere

"O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso, existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis”.
(Fernando Pessoa)

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Saúde! Colesterol Infantil!

Matéria publicada no Jornal de Limeira caderno Cidades pagina 7 no dia 9 de agosto de 2011 sob o título: Crianca deve ficar alerta com Colesterol - por Renata Caram

Segue:
A partir dos 10 anos é bom fazer exames.
Engana-se quem pensa que somente os adultos podem ter colesterol alto as crianças também podem.
Daí a necessidade de se fazer exames regularmente.
Um dos problemas é que a doença não apresenta sintomas, um exame de sangue porém, pode diagnosticar qual o nível de gordura.
Mas uma dica que vale para adultos e crianças é o peso. è importante mante-lo em níveis ideais.
Alimentação balanceada e a prática de exercícios físicos formam uma boa dupla em prol da saúde.
Um dos segredos para uma vida saudável está na boca.
A alimentação é importante na prevenção e controle de algumas patologias.


Eu que sou pai de um garotode 5 anos me preocupo e
observo o temnpo todo de sua  alimentação, mas as contingências da vida, nos
obrigam a esmorecer nosssa vigilância , para poder trabalhar e proverr as necessidades
da familia. Ocorre daí que nossso filho deve ficar vez ou outra sob os cuidados da avó, que literalmente realiza todos os sonhos gastronômicos da criança, muitas vezes irresponsavelmente cometendo exessos.
Sem creditar culpa a vovó, que já passa dos 70, e não cuida nem da saúde dela direito,
este comportamento vai criando maus hábitos no pequeno,
tornando-se óbvio que embora não haja nada no momento
que aponte para um quadro patológico como citado na reportagem,
o norte comportamental dele está apontando nesta direção sim.
Portanto, quando li a matéria do Jornal de Limeira imediatamente recortei o miolo da reportagem para postar e tornar ainda maios divulgado o assunto.
Espero ter servido de utilidade pública.

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Usinas eólicas são destaque do leilão de energia para 2014

Agência Brasil  - 8/08/2011 - 15h59

A Empresa de Pesquisa Energética (EPE) habilitou 321 projetos para participar dos próximos leilões de energia marcados para os dias 17 e 18 deste mês.
O destaque ficou para a quantidade de projetos de implantação de usinas eólicas (que usam a força dos ventos para produzir eletricidade).
Dos 14 mil megawatts (MW) de potência instalada habilitados, 6 mil MW podem ser ofertados pelas 240 usinas eólicas cujos projetos foram apresentados para participar dos leilões. Os leilões de energia visam à contratação de fornecimento a partir de 2014.
Além das usinas movidas por aerogeradores (eólicas), também foram habilitados dez projetos para produção de energia por usinas térmicas a gás natural, que somam 4.388 MW de potência instalada.
As 43 plantas térmicas à biomassa (principalmente bagaço de cana-de-açúcar) habilitadas, a maioria em São Paulo , ofertarão mais 2,7 mil MW.
No dia 17, o leilão será aberto a todas as fontes de energia.
Já o leilão do dia 18 é exclusivo para contratação de energia reserva e é limitado aos projetos de usinas eólicas e de biomassa.
A maioria dos projetos habilitados pela EPE vão disputar os dois leilões.
A maioria dos projetos eólicos será implantada nos estados do Nordeste, enquanto as termelétricas à gás predominam nos estados do Rio e Maranhão.
Apenas um empreendedor se habilitou para participar do leilão do dia 17 com oferta de energia hidrelétrica.
É o projeto de ampliação da Usina Jirau, no Rio Madeira, em Rondônia, que vai agregar à planta mais 450 MW.
Já as pequenas centrais hidrelétricas (PCHs) vão participar do leilão com 27 projetos que somam 443 MW de potência instalada.
Os editais dos dois leilões estão disponíveis na página da Agência Nacional de Energia Elétrica na internet.


Origem: Tribuna Popular On Line Ano 6 - Edição 1123 - Limeira, 09/08/2011 - 07:00h.



quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Funeral de um Lavrador - Chico Buarque de Holanda

Hoje trago para vcs um fragmento da trilha sonora original do filme de Zelito Viana, "Morte e Vida Severina", de 1977, baseado no livro de João Cabral de Melo Neto.
Este texto/poema se tornaria um clássico a partir dos anos 60 quando foi levado para o palco. Chico Buarque de Holanda musicou alguns dos poemas do livro.
Na versão cinematográfica, veio nos anos 70 este filme do diretor Zelito Viana.
A trilha sonora é de Airton Barbosa, um dos integrantes do Quinteto Villa-Lobos.
A música de Chico também está presente.
Participam do álbum os mesmos intérpretes do filme, as cantoras-atrizes Elba Ramalho e Tânia Alves, os atores Jofre Soares, Stenio Garcia, José Dumont e o próprio diretor.
Também estão presentes músicos como Geraldo Azevedo e Kátia de França, entre outros...
O resultado em disco não podia melhor tendo ainda a direção artística de Marcus Vinicius e a produção de Marcus Pereira.
 Muito bom!
Confiram aí...Funeral de um Lavrador, um classicão dos bão, simbolo e ícone de um tempo dentro da ditadura militar brasileira, de criação cultural de valor inestimável..





de sua formosura

severino - o rio - notícias do sertão

mulher na janela

homens de pedra

todo o céu e a terra

encontro com o canavial

funeral de um lavrador

chegada ao recife

as ciganas

despedida do agreste

o outro recife

fala do mestre carpina




Funeral de um Lavrador -  Chico Buarque -  Tom: C -  Intro: (50-42-50-42-40-42-53-50) 2x

Am Fº E7 Am

Esta cova em que estás com palmos medida


Fº Am


É a conta menor que tiraste em vida


Fº Am


É de bom tamanho nem largo nem fundo


Fº E7 Am


É a parte que te cabe deste latifúndio


Fº E7 Am


Não é cova grande, é cova medida


Fº E7 Am


É a terra que querias ver dividida


Fº Am


É uma cova grande pra teu pouco defunto


Fº E7 Am


Mas estás mais ancho que estavas no mundo


Fº E7 Am


É uma cova grande pra teu defunto parco


Fº E7 Am


Porém mais que no mundo te sentirás largo


Fº E7 Am


É uma cova grande pra tua carne pouca


Fº E7 Am


Mas a terra dada, não se abre a boca


Fº E7 Am


É a conta menor que tiraste em vida


Fº E7 Am


É a parte que te cabe deste latifúndio


Fº E7 Am


É a terra que querias ver dividida


Fº E7 Am


Estarás mais ancho que estavas no mundo


Fº E7 Am9

Mas a terra dada não se abre a boca

terça-feira, 2 de agosto de 2011

2 de Agosto na história mundial...


Batalha de Queronéia02 de agosto de -338 


Queronéia é uma antiga cidade da Grécia.
Este lugar ficou famoso na história por ter sido o cenário de uma das batalhas mais famosas da época, a qual foi travada neste território.
A Batalha de Queronéia foi sustentada pelo rei da Macedônia Filipo II, contra os exércitos unidos das cidades de Tebas e Atenas, em 2 de agosto do ano 338 a. C.
Depois deste acontecimento, as polis gregas se aliaram à Macedônia como estados tributários, ainda que conservando sua independência.
Tudo começou com a expedição que Filipo da Macedônia liderou por terras gregas, com a intenção de instituir-se como dono e soberano de todas elas, motivo pelo qual procurava submeter os gregos a seu mando, mas sem destruí-los.
Os diferentes povos e polis gregas já vinham lutando há anos entre eles pela hegemonia suprema da Grécia.
Os esforços para derrotar o rei não deram frutos, pois os confrontos terminaram com a decisiva vitória macedônica e o domínio de Filipo sobre os outros povos.
 

Batalha de Cannas - 02 de agosto de -0216


2 de Agosto 1934
O Chanceler Adolf Hitler tornou-se o único líder da Alemanha à morte do Presidente Paul von Hindenburg.

O Chanceler Adolf Hitler tornou-se o único líder da Alemanha à morte do Presidente Paul von Hindenburg.
O exército alemão jurou obediência ao Führer, que planeou o rearmamento da Alemanha e a imensa expansão territorial.
Em pouco mais de uma década, o Partido Nacional Socialista tinha deixado de ser um grupo radical da Alemanha para ser o partido do governo, permitindo a Hitler reunir os poderes anteriormente divididos entre presidente, chanceler e Reichstag.
Com a morte de Hindenburg, desmantelaram-se os últimos resquícios do governo democrático da Alemanha, deixando Hitler - na sua tentativa megalómana de guerra e genocídio - a cargo da nação.

Fim da Conferência de Potsdam

2 de Agosto de 1945 terminou a Conferência de Potsdam em que se decidiu como seria administrada a Alemanha após a Segunda Guerra Mundial.
Decorreu entre 17 de Julho e 2 de Agosto de 1945, em Potsdam na Alemanha a Conferência de Potsdam entre os países aliados que saíram vencedores da Segunda Guerra Mundial.
À reunião assistiram chefes de governo de cada um desses países, Joseph Estaline, Secretário-Geral do Partido Comunista da União Soviética, Winston Churchill, Primeiro-ministro do Reino Unido e Harry S. Truman, Presidente dos Estados Unidos.
Além de decidir como se administraria a Alemanha após a sua rendição nove semanas antes, entre os objectivos da conferência encontrava-se o estabelecimento de uma ordem pós-guerra, diversos temas relacionados com tratados de paz e um estudo sobre os efeitos da guerra.








 


segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Haunted by Heroes é formada por roqueirinhos de apenas 11 anos.




Conhecida como a “banda de rock mais jovem do mundo”, a Haunted by Heroes é formada por roqueirinhos de apenas 11 anos.
Os californianos Nick (vocal e baixo), Geddy (vocal e guitarra), Brandon (vocal e teclado), Chris (bateria) e Charley (guitarra) se encontraram pela primeira vez no maternal, quando tinham apenas três anos.
Conforme cresceram, o gosto pelo rock também aflorou. Como conta Nick para o R7, antes de conseguirem comprar instrumentos de verdade, eles batucavam “em tudo que viam pela frente”. Até o dia que a irmã do Charley disse que eles deveriam montar um banda e, assim, surgiu a Haunted by Heroes.
Com uma queda para o rock pesado, os meninos se inspiram em gigantes do metal, como AC/DC e Black Sabbath. Os grupos Savatage, Tool e Quicksand também estão no repertório dos garotos, que costumam fazer covers em suas apresentações.
O vocalista e tecladista Brandon explica como é a rotina da banda, que concilia estudo com a vida de rock star.
- Nós ensaiamos bastante, cerca de três vezes por semana. E fazemos shows a cada duas semanas.
Com a ajuda da produtora musical Sylvia Massy, que já trabalhou com Tool, R.E.M., Red hot Chili Peppers e outros, a Haunted by Heroes gravou o seu álbum de estreia. Segundo Brandon, o disco deve sair em breve.



Mente aberta

Questionados sobre o que acham de artistas como Justin Bieber e Jonas Brothers, os garotos mostram que não têm preconceitos musicais, como explica Charley.

- Nós gostamos de quem se empenha 100% no que faz.
Mesmo que eles não sejam tão roqueiros como nós, ainda assim os respeitamos.



VEJA O VIDEO DOS MENINOS: http://www.videolog.tv/video.php?id=681776





Atividade Procedimental I: Trabalho em grupo 9º Ano 2 Pesquisa, Produção e Recuperação Continua de Geografia

 Alunos  desenvolvem atividade de  Recuperação Contínua - Revisão dos temas abordados nos bimestres anteriores -  em grupos de traba...