segunda-feira, 22 de outubro de 2018

CIGAR BOX GUITAR - GUITARRA DE CAIXA DE CHARUTO...Demais


CIGAR BOX GUITAR - GUITARRA DE CAIXA DE CHARUTO

Me lembro a primeira vez que vi uma "cigar box guitar", eu nem sabia do que se tratava, pra mim era só uma        guitarra quadrada, sendo tocada por Bo Diddley um dos grandes do blues, foi em um show dos Stones, eu acho que a turnê de 1995, eles tocam "Who do you love".                                                                                                .
Durante muito tempo convivi com a ideia da guitarra quadrada, perturbando minha mente, porque quadrada ? Qual seria o motivo, seria uma adaptação em busca de uma acústica melhor, timbres, ou apenas estética. Comecei a desvendar estas duvidas ao descobrir que elas não eram quadradas a toa, o motivo é que elas eram na realidade caixas de charuto, adaptadas par se tornarem instrumentos musicais, como forma de baratear o custo e aquisição, de uma forma geral a ideia se espalhou na América do norte, e depois para o mundo, a história remonta ao inicio do século passado ou até antes, com podemos ver nessas fotos obtidas na própria internet.
Pelos tempos atuais não é tão difícil de se deparar com desconhecidos e  conhecidos usando cigar box nos mais variados estilos, pois ao redor do mundo todo, hoje elas são confeccionadas artesanalmente por luthiers, com os mais diferentes temas e materiais, a cultura da cigar box guitar, hoje é mundial. Vamos a alguns conhecidos adeptos das caixas.
Então depois de pesquisar e absorver muito sobre o assunto, e escutar os mais variados timbres em musicas dos mais variados estilos, resolvi que quando surgisse a oportunidade adquiriria uma; o tempo passou e um dia desses, um amigo meu veio em casa fazer um show de blues, e queria me mostrar uma guitarra diferente, disse que eu iria pirar com o instrumento por ser diferenciado, quando a case é aberta me deparo com uma caixa de charuto com um braço, com captadores e tudo mais, conversando com ele fico sabendo de um luthier aqui de nossa cidade conhecido nosso que estaria fazendo as obras de arte, com muita curiosidade vou até o atelie do grande mestre e me deparo com outras cigar box guitar prontinhas para os blues. Ate que em um belo de um dia,um amigo me traz uma cigar box, para experimentar a sonoridade dela, resultado agora já tenho duas, as duas com seis cordas, mas com sonoridades diferentes e timbres bem distintos, devido as caixas de diferentes tamanhos, os braços de modelos diferentes e captadores igualmente distintos. Abaixo apresento a minhas quadradas.
Se liguem no timbre dela através do link: https://www.facebook.com/video.php?v=872892389490754&set=vb.100003100039043&type=2&theater


Fonte: https://casadobluescatanduva.blogspot.com/




“While My Guitar Gently Weeps” the good and old rock&roll

 

3 novas versões da “While My Guitar Gently Weeps”

O Álbum Branco dos Beatles vem soprando mentes desde 1968 - mas essa mais estranha obra-prima dos Beatles está prestes a ficar mais esquisita. O novo Super Deluxe Edition, que chega em 9 de novembro, conta a história épica do álbum que quase os separou - incluindo uma versão inédita do clássico “While My Guitar Gently Weeps”. É um take acústico inicial, como George Harrison mexe com a balada que se transformaria em uma de suas declarações mais poderosas. Como muitos momentos no novo box set, são os Beatles no modo experimental - uma audição reveladora que faz você ouvir novos mistérios na música que você achava que já conhecia de dentro para fora.
“While My Guitar Gently Weeps” (versão acústica, Take 2) foi gravado em 25 de julho de 1968, com apenas George no violão e Paul no harmônio. É um rascunho sombrio e meditativo de uma música ainda em evolução, como Paul acompanha, aprendendo os acordes. George diz à equipe do Abbey Road, "Talvez você tivesse que dar a ele seu próprio microfone". George, as linhas originais, que estão descartando: “I look from the wings at the play you are staging / As I’m sitting here doing nothing but aging.”

Fonte:http://diariodosbeatles.blogspot.com/2018/10/ouca-as-3-novas-versoes-da-while-my.html