terça-feira, 17 de novembro de 2009

ÚLTIMA CHAMADA FOTOPOEMAS INAUGURA AMANHÃ!!!

Poeta e Fotografo Inauguram Exposição “Retratos”

Amanhã!!! dia 18 de novembro, ás 19:30h, ocorrerá a inauguração da Exposição de Foto poemas “Retratos”, de autoria do poeta e escritos Limeirense Janjão em conjunto com o fotografo Paulistano Luciano Garcia, na Câmara Municipal de Limeira.

O evento que deve ter a presença de personalidades da política, da cultura, dos movimentos sociais e outros, terá a apresentação de 35 fotos legendadas com versos poéticos, retratando pessoas de diversas partes do Brasil e do Mundo.

A concepção central do trabalho, de acordo com seus autores, é mostrar fotos de pessoas em movimentos, políticos, folclóricos, culturais e cotidianos. Pessoas anônimas e simples, que não fazem parte do cenário de glamour e ibope da sociedade Brasileira, concluí Luciano e Janjão. As fotos apontam o objetivo de mostrar quem constroe este País, são os pobres, simples e que com suas ações sem esperar nada em troca, transformam o feio em belo, o nada em tudo.

Os autores, são militantes políticos há muitos anos. Janjão tem 47 anos, nasceu em Limeira, casado, uma filha e um neto. Atuou no Partido dos Trabalhadores por 25 anos, assessorou Sindicatos e Parlamentares. Tem alguns contos e poemas publicados em coletâneas, revistas e Jornais. Venceu o III Festiafro de Limeira, com a Música em parceria com Wilson Cerqueira, Negro Poeta. Luciano Garcia é fotografo profissional e atua em uma ongs de Direitos Humanos. È solteiro, mora em São Paulo, e vem se especializando em foto reportagens e foto arte nos últimos anos, participando de concursos e montando exposições seguindo temáticas sociais e culturais.

Uma das metas da exposição é procurar interagir com os visitantes. Tanto o olhar do fotografo, como o do poeta, expresso seja na foto, seja nos versos, não é definitivo. Os autores tem como proposta, que cada pessoa ao visitar a exposição, tem vários olhares e varias conclusões sobre o que se esta olhando, este é o segredo da imagem e das palavras, o de propiciar as mais diversas opiniões.

O trabalho dos autores pode ser conferido na rede mundial de computadores: www.garimpandomidia.blogspot.com e http://www.flickr.com/photos/lucianogarcia/ .
VAMOS PRESTIGIAR O TALENTO COM A NOSSA PRESENÇA

Falso Viciado - Herva Doce

Sonzaço, com muita distorção, cozinha e baixo na medida certa com peso, e o vocal inconfundivel e que marcou a Banda Herva doce, o gogó do Renato Ladeira, que tinha tudo p´ra continuar por muiot tempo , mas não aconteceu...
Falso Viciado


Chega de dizer "obrigado" a quem nunca te fez nada
Chega de chamar atenção a quem nunca quis acordar
Chega de cobrar atitudes a quem nunca vai se tocar
Chega de gritar feito louco a quem nunca te escutou
Chega de tentar ajudar a quem sempre quis tomar a sua frente
Chega de sorrir à vontade, se eles sempre servem malhado
Chega de lutar desarmado, se você sempre sai machucado
Chega de olhar com paixão a quem sempre quis te ver derrubado

Não vejo, não escuto e não falo
Estou ligado sonho tudo trocado
Eu jogo e boto tudo a perder
Sou um falso viciado

Chega de trepar por aí, se ninguém vai te dar prazer
Chega de falar de amor, se ninguém está mais afim
Chega de calar tua boca, se eles nunca te deixaram falar
Chega de sonhar acordado, só você pode realizar

Não vejo, não escuto e não falo
Estou trincado, sonho tudo trocado
Eu jogo e boto tudo a perder
Sou um falso viciado

Amante Profissional - Herva Doce

A irrverêcia marcou a curta, porém inesquecível e determinante carreira da Banda Herva Doce, esta letra composta com ironia sobre um garotode programa produziu um efeito engraçadissimo e muito divertido, no auge dos anos 80, junto com Dr. Silvana, Miquinhos e Léo Jaime, formaram o monobloco engraçado do pop rock oitentista. Quem não conheceu , não pode perder a oportunidade de conhecer, mesmo por que,dela só sobraram historias, essas bandas tiveram uma vida muito curta, que é outra carcteristica das bandas desse periodo.


Amante Profissional

Alô?Alô, quem é que tá falando?
É o amante profissional
Como é que você é, hein?
Moreno alto, bonito e sensual
Talvez eu seja a solução do seu problema
Carinhoso, bom nível social
Inteligente e à disposição
Para um relacionamento íntimo e discreto
Realize seu sonho sexual
Pra qualquer tipo de transação
Sem compromisso emocional só financeiro
E o endereço pra comunicação
Prá caixa postal do amante profissional
Amor sem preconceito
Sigilo total,
sexi total
Amante profissional

ERVA VENENOSA - VERSÃO DO HERVA DOCE

Erva Venenosa

Parece uma rosa,
de longe é formosa
E toda recalcada,
alegria alheia incomoda
Venenosa Êh,Êh...
erva venenosa
É pior do que cobra cascavel
seu veneno é cruel
De longe nao é feia,
tem voz de uma sereia
Cuidado, não lhe toque
Ela é má, pode até te dar um choque.
Venenosa ÊH, ÊH...
Erva venenosa
É pior do que cobra cascavel seu veneno é cruel
Se coça como louca
Rachada tem a boca
Parece uma bruxa um anjo mau
Detesta todo mundo
Não para um segundo
Fazer maldade e seu ideal..
Como um cão danado,
Seu grito é abafado
É vil, é mentirosa
Deus do ceu como ela é maldosa
Venenosa ÊH....ÊH...
Erva venenosa.............

HISTORIA DO ROCK NACIONAL ...

Herva Doce foi uma banda de pop rock brasileira da década de 1980. A ideia para criar o grupo surgiu no carnaval de 1982, quando Marcelo Sussekind e Renato Ladeira gravaram quatro músicas "demo" ("Volta Meu Bem", "Ganhei Um Avião", "O Negócio é Relaxar" e "Não Faz Sentido" – esta última, se transformaria posteriormente num grande sucesso na voz de Ney Matogrosso). A "demo" foi apresentada a Fernando Mansur, locutor da Rádio Cidade do Rio de Janeiro, que acabou por incluir "Volta Meu Bem" na programação da rádio. Em seguida, Sussekind e Ladeira assinaram um contrato com a EMI Odeon. Por exigência da gravadora, tiveram de desistir de se apresentar como dupla e montaram uma banda, a qual incluía o baterista Sérgio Della Mônica (que apenas assinou o contrato, mas que nunca se apresentou com o grupo), o baixista e guitarrista Paul de Castro e o baixista Roberto Lly. O primeiro LP do grupo foi lançado em novembro de 1982 tendo como carro-chefe a música "Erva Venenosa" (versão de "Poison Ivy", uma canção de 1959 do conjunto The Coasters, composta por Leiber/Stoller[1]). O grande momento do "Herva Doce" ocorreu em 18 de junho de 1983, quando abriram o show do Kiss no estádio do Maracanã, tendo se apresentado para um público estimado entre 140 e 200 mil pessoas (dependendo da fonte). O grupo também abriu um show do Van Halen no Maracanãzinho. Depois de gravar mais um disco pela EMI, o grupo assinou contrato com a RCA. Nesta época, Paul de Castro e Pena saíram da banda, dando vez para Fred Maciel (bateria e voz). O primeiro LP pela RCA (terceiro do grupo) trazia a faixa-título "Amante Profissional", um grande "hit" nas rádios do Brasil e que originou (numa época pré-MTV) o número recorde de três videoclips por três emissoras de TV diferentes. A banda gravou ainda mais um LP ("Desastre Mental", de 1986), que teve boa recepção por parte da crítica, mas cujas vendas não foram expressivas. Finalmente, após a saída de Fred Maciel, o grupo ainda chegou a lançar um compacto com a música "Faz Parte do Meu Show", escrita por Renato Ladeira e Cazuza, e que acabaria sendo um grande sucesso na voz do último.

Atividade Procedimental I: Trabalho em grupo 9º Ano 2 Pesquisa, Produção e Recuperação Continua de Geografia

 Alunos  desenvolvem atividade de  Recuperação Contínua - Revisão dos temas abordados nos bimestres anteriores -  em grupos de traba...