quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

HISTORIA DO HARD ROCK CAFÉ











Hard Rock Cafe é uma cadeia americana de restaurantes temáticos com mais de 143 unidades espalhadas em 36 países, cujo tema é o rock 'n roll.
O primeiro restaurante foi fundado em Londres, em 14 de junho de 1971, por dois jovens americanos, Isaac Tigrett e Peter Morton.
O local escolhido ficava na área londrina de Piccadilly, próximo ao Hyde Park (mais especificamente, uma parte do parque conhecida como Hyde Park Corner). O imóvel era amplo, pois fora um salão de automóveis anteriormente, e os dois sócios começaram a preencher as paredes com objetos relacionados com o Rock.
Hard Rock Cafe em Hong Kong, China.O restaurante começou sua expansão global em 1982, quando os sócios tomaram a decisão de levar ao resto do mundo sua concepção de Café. Morton encarregou-se de abrir filiais do Hard Rock em Los Angeles e São Francisco, na Califórnia, Chicago e Houston, todos nos Estados Unidos. Tigrett levou o restaurante a Nova Iorque, Dallas, Boston, Washington D.C. e Orlando, nos EUA e a Paris, na França e Berlim, na Alemanha.
Pouco tempo após o início da expansão global, Tigrett vendeu sua participação no negócio para a empresa Mecca Leisure, a qual foi vendida, em 1991, para outra corporação, a Rank Organisation, que deu seqüência à expansão da cadeia e, alguns anos mais tarde, comprou a parte de Peter Morton, adquirindo o controle total da marca.
O maior Hard Rock Cafe do mundo, localizado na cidade Orlando, FlóridaO restaurante é mais conhecido pela "atmosfera" que proporciona do que por sua comida. Para manter esta fama, o Hard Rock está constantemente à busca de doações de instrumentos e outros objetos relacionados ao Rock, sendo a empresa a detentora da maior coleção de objetos relacionados ao Rock 'n Roll do mundo. Em quase todas as lojas pelo mundo pode-se encontrar instrumentos autografados, roupas usadas em turnês mundias e fotografias, também autografadas, penduradas nas paredes dos restaurantes. A coleção começou por acaso, já em 1971, quando Eric Clapton, que era freqüentador assíduo do restaurante original, em Londres, doou espontâneamente uma guitarra autografada ao restaurante. O instrumento foi colocado em exibição no local, e, ao ficar sabendo do fato, o roqueiro Pete Townshend, do The Who, enviou ao restaurante uma guitarra autografada sua acompanhada de um bilhete que dizia: "A minha é melhor! Com Amor, Pete" (Mine's better! Love, Pete.).

Durante a década de 1980, a popularidade da marca chegou ao seu ápice, com o hobby que se popularizou de colecionar camisetas e agasalhos com a logomarca "Hard Rock Cafe" e a localização da loja abaixo. A nova mania, passada a febre das camisetas, foi a coleção de broches conhecidos como "pins", no formato de logomarca/localização. Em alguns círculos, no entanto, o hábito de colecionar lembranças de visitas a diversas lojas do Hard Rock Café foi rotulado de "kitsch", e já não é tão cultivado e generalizado como antes fora.
Mapa destacando os países que possuem unidades Hard Rock Café.Atualmente há mais de 143 lojas do Hard Rock Café, em cerca de 36 países, e há projetos para novas expansões.
Mais recentemente, a marca passou a inaugurar hotéis e cassinos, para ampliar sua clientela. Muitos alegam, no entanto, que o foco da marca se teria desviado do original devido ao suposto "comercialismo exacerbado" adotado. Entre os "problemas", cita-se o fato de que os clipes e outros vídeos musicais exibidos nos restaurantes foram uniformizados, sendo enviados às lojas a partir de uma central mundial, além de que não seriam, em muitos casos, verdadeiros representantes do Rock, pois a cadeia se teria tornado muito "pop". Anota-se também desvio de foco na própria coleção em exibição, como no caso citado da loja de Nova Orleans, nos EUA, onde o espaço da parede que fora ocupado por um disco dos Beatles hoje está alocado para a fantasia de garçonete usada por Britney Spears em um de seus clipes.

Adicionar legenda











Nenhum comentário:

Postar um comentário