sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Thomas Edison aniversário de 164 anos


"O génio consiste em um por cento de inspiração e noventa e nove por cento de transpiração."

Thomas Alva Edison (in Revista Harper's, Setembro de 1932)

Nascimento 11 de Fevereiro de 1847

Milan, Ohio

Morte 18 de outubro de 1931 (84 anos)

West Orange, Nova Jersey

Residência Estados Unidos

Nacionalidade Norte-americano

Campo(s) Inventor, cientista e empresário.

Conhecido(a) por Invenção da lâmpada elétrica incandescente

Prêmio(s) Medalha Matteucci (1887), Medalha Franklin (1915)

Cônjuge(s) Mary Stilwell (1871-1884)

Mina Edison (1886-1931)

Postura religiosa Deísta


Thomas Alva Edison (Milan, Ohio, 11 de Fevereiro de 1847 — West Orange, Nova Jérsei, 18 de Outubro de 1931)[1] foi um inventor e empresário dos Estados Unidos que desenvolveu muitos dispositivos importantes de grande interesse industrial. O Feiticeiro de Menlo Park (The Wizard of Menlo Park), como era conhecido, foi um dos primeiros inventores a aplicar os princípios da produção maciça ao processo da invenção.
Em sua vida, Thomas Edison registou mais de 1000 patentes,[1] sendo amplamente considerado o maior inventor de todos os tempos. Não apenas mudou o mundo em que vivia, suas invenções ajudaram a criar outro muito diferente: este em que vivemos hoje. O fonógrafo foi só uma de suas invenções. Outra foi o cinetógrafo, a primeira câmera cinematográfica bem-sucedida, com o equipamento para mostrar os filmes que fazia. Edison também transformou o telefone, inventado por Antonio Meucci,[2] em um aparelho que funcionava muito melhor. Fez o mesmo com a máquina de escrever. Trabalhou em projetos variados, como alimentos empacotados a vácuo, um aparelho de raios X e um sistema de construções mais baratas feitas de concreto. Acima de tudo, foi ele quem ajudou a trazer a civilização da Era do Vapor para a Era da Eletricidade.
Entre as suas contribuições mais universais para o desenvolvimento tecnológico e científico encontra-se a lâmpada elétrica incandescente, o gramofone, o cinescópio ou cinetoscópio, o ditafone e o microfone de grânulos de carvão para o telefone. Edison é um dos precursores da revolução tecnológica do século XX. Teve também um papel determinante na indústria do cinema.

Nenhum comentário:

Postar um comentário