sexta-feira, 24 de julho de 2009

Castelos Medievais

A fortaleza e as construções auxiliares que formam o castelo variam de uma fortificação para outra. Às vezes, as construções (como a capela, o grande salão e as cozinhas) eram encontradas dentro da torre principal, outras vezes não.
A torre principal era a residência principal do governante. Era feita de pedra e poderia ter o formato quadrado ou redondo. As torres principais poderiam estar integradas ao muro ou à parte e tinham várias funções.
Os apartamentos residenciais continham camas e mobília. Eram normalmente aquecidos por lareiras e a
luz vinha através das janelas.
Castelo de Warwick
O grande salão podia estar na torre principal ou em uma construção separada. Nos primeiros castelos, como o descrito no poema épico "Beowulf", os grandes salões eram usados para refeições e para dormir. Mais tarde, foram usados para divertir e reunir a corte. Normalmente tinham o pé direito alto e grande lareiras. O chão era geralmente de pedra ou de terra batida.
A despensa de
comida, bebidas e ouro era localizada nos andares inferiores da torre de menagem.
A parte relacionada à defesa do castelo (abertura para flechas, depósito de armas, ameias) ficava nos andares superiores.

Os prisioneiros eram mantidos na masmorra . As masmorras ficavam nas partes superiores da torre de menagem, porque era mais difícil escapar, porém depois foram transferidas para os andares inferiores.
Os poços, eram fundamentais para a sobrevivência do castelo.
A religião era importante na vida cotidiana da Idade Média. As pessoas iam à igreja todos os dias, normalmente na missa matinal. A maioria dos castelos tinha suas próprias capelas e padres, fossem do próprio castelo ou visitantes. As capelas poderiam ser salas simples da torre principal ou requintadas construções à parte.
Os cavalos eram essenciais na vida medieval. Os cavaleiros montavam neles durante a batalha. Os animais empurravam carroças. Eles eram o meio de transporte, como o seu
carro. Logo, eles precisavam de uma garagem - ou estábulos, que ficavam no pátio.
Por causa da ameaça do fogo, as cozinhas nos primeiros castelos ficavam separadas da torre de menagem em locais preparados para elas. Como as construções em tijolo tornaram-se mais comuns, os projetistas mudaram as cozinhas para dentro da torre.
Os poços e cisternas armazenavam
água para o castelo. Normalmente, a facilidade de ter água era um fator primordial para o castelo resistir ou não a um ataque. Os poços ficavam dentro da torre principal ou no pátio. As cisternas eram reservatórios de água da chuva que escorria do telhado. Alguns castelos tinham um encanamento rudimentar que canalizavam a água das cisternas para as pias.
Os castelos precisavam de vários artesãos, incluindo carpinteiros, ferradores e serralheiros para a manutenção das construções e dos pátios. As oficinas de trabalho deles eram locais separados dentro do pátio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário