terça-feira, 3 de novembro de 2009

Serra assina projeto para oferecer internet mais barata


Serra assina projeto para oferecer internet mais barata

Em 2008, aproximadamente 18 milhões de domicílios no Brasil possuíam pelo menos um computador. Esse é um dado da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), divulgada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) no mês passado. Apenas 24% dessas residências com computador estavam conectadas à internet.No que diz respeito ao Estado de São Paulo, o número de residências conectadas tende a aumentar. Segundo matéria divulgada pelo portal UOL, o governador José Serra assinou, no dia de ontem, um projeto que visa oferecer internet banda larga com preços mais baixos para pessoas com uma renda não tão favorável. O projeto intitulado “Banda Larga Popular” tem como objetivo principal a expansão do serviço e o incentivo ao acesso à rede.O preço foi estipulado, no máximo R$ 29,80 por mês. As empresas que oferecem o serviço banda larga e optarem por aderir a essa campanha terão isenção do ICMS, que antes era de 25%. O serviço vai oferecer conexões de 200 Kbps até 1 Mbps, sem limite de horário ou tráfego de dados. O Governo espera contar com parceria de operadoras de banda larga fixa e móvel. Por enquanto, apenas a Telefônica deu sinal verde para essa promissora parceria.A empresa pretende vender pacotes de 250 Kbps, com permanência mínima de 12 meses, a partir de 9 de novembro, por R$ 29,80. Um nota oficial será enviada confirmando os dados. Vale ressaltar que o pacote de internet rápida mais barato que a Telefônica oferece hoje é o Speedy 500, no valor R$ 49,90 ao mês. Das operadoras de telefonia móvel, a Vivo confirmou que vai fazer parceria com o Governo.Fã confesso e frequentador assíduo do Twitter, principalmente durante as madrugadas, o governador Serra afirmou em um de seus posts que a meta é atingir 2,5 milhões de pessoas com a banda larga. “Nossa meta é conectar metade das residências paulistas”, afirmou.
TAGs:
Governo

Nenhum comentário:

Postar um comentário